O ERRANTE

"O ERRANTE" narra a história de um andarilho que erra, de cidade em cidade, em busca
de seu grande amor, uma top model e atriz, uma imagem criada pelo espetáculo que o
cerca e o cega. Após perceber a ilusão de sua busca, se dá conta de toda a estrutura criada a sua volta e toma consciência de sua verdadeira história e condição social.

A peça propõe um questionamento sobre estruturas de poder, como a mídia, o capital,
a religião, a política, a arte, que criam e recriam imagens capazes de persuadir a
sociedade, em nome de um ideal construído a partir da lógica do consumo, do lucro e da
mercadoria.

A encenação do espetáculo recorre a elementos como: músicas executadas ao vivo,
acompanhamentos eletrônicos, a presença de um DJ, captação e projeção de vídeos, e
uma construção visual inspirada no universo fashion, como crítica ao mundo da mercadoria e da imagem, abordando, de forma bem humorada, a discussão proposta por
Guy Debord em seu livro “A Sociedade do Espetáculo”.


Ficha Técnica

Criação
Brava Companhia 
Direção
Fábio Resende
Co-Direção
Ademir de Almeida
Roteiro
Ademir de Almeida
Fábio Resende
Dramaturgia
Alexandre Krug 
Elenco
Ademir de Almeida
Cris Lima
Fábio Resende
Luciana Gabriel
Marcio Rodrigues
Max Raimundo
Iluminação
Fábio Resende
Márcio Rodrigues
Consultor Artístico
Reinaldo Maia 
Produção
Kátia Alves
Henrique Alonso
Cenário e Adereços
Sérgio Carozzi
Figurinos
Rafaela Carneiro
Cris Lima
Confecção de Figurinos
Cris Lima
Magê Blanques
Rafaela Carneiro
Operação de Luz
Joel Carozzi
Henrique Alonso
Operação de Vídeo
Sérgio Carozzi
Rafaela Carneiro
Treinamento de Palhaço
Ésio Magalhães 
Treinamento Vocal
Carlos Simione 
Direção Musical
Joel Carozzi
Assessoria Musical
Núcleo de Música da Cia Antropofágica
Bases Musicais Eletrônicas
Jonathan Mendonça de Almeida
Joel Carozzi
Vozes das Músicas
Brava Companhia
Trupe Lona Preta
Consultoria de Maquiagem
Greco Hairstylist 
Vídeos
Fábio Hirata
NCA - Núcleo de Comunicação Alternativa
Edição de Vídeos
Fábio Hirata
Sérgio Carozzi
Fotos
Fábio Hirata 
Design Gráfico
Ademir de Almeida

Observações técnicas:
Espetáculo ideal para espaços alternativos;
Tempo de duração: 1h40;
Público Alvo: jovens e adultos.

Necessidades do Espaço:
Ø  Espaço plano, sem desnível;
Ø  Iluminação;
Ø  Em caso de local fechado, importante que seja arejado - utilização de fogo no chão e efeito de fumaça.
O ERRANTE (vídeo completo)

Nenhum comentário: